Concepção do material didáctico     

           1º Comecei por seleccionar vinte e três palavras, cada uma das quais teria de começar por uma letra diferente do alfabeto, mas que tivessem uma ou duas sílabas, (excepção para a palavra janela por não ter encontrado outra começada por j e com duas sílabas) sem letras repetidas ( excepção para a palavra janela, por dificuldade de alternativa, mas sendo os dois aa de som igual-fechado) e com algumas sílabas iguais e soando da mesma maneira. As palavras que se iniciassem com uma vogal, essa vogal deveria ser aberta e constituir sozinha uma sílaba.

              1-a Deveriam ter duas sílabas a fim de ser mais fácil induzir a divisão silábica primeiro e depois praticá-la mesmo.

              1-b Não deveriam ter letras repetidas a fim de ser possível que ao fim de se trabalharem as 23 palavras, cada aluno só precisar de 23 letras. E de ser possível induzir nos alunos que uma vogal que numa palavra seja aberta pode muito bem numa outra ser fechada, e vice-versa, e como o cartão/letra móvel é só um, facilmente concluirão que a mesma letra poderá ser usada em palavras diferentes e ter som diferente ou igual.

              1-c As palavras deveriam ter sílabas iguais na grafia e som no sentido de induzir nos alunos a noção de que a mesma sílaba poderá ser usada em palavras diferentes e mais tarde trabalhar mesmo essa função das sílabas iguais.

              1-d As palavras que iniciassem as vogais, estas deveriam ser abertas e constituir uma sílaba no sentido de ser muito mais fácil induzir o seu isolamento, tanto na grafia como no som.

voltar ao índice